Eno Cultura – Cursos em Vinhos, Destilados e Eventos Corporativos no Brasil
Eno Cultura, Cursos de Vinhos no Brasil

Eno Cultura, Cursos de Vinhos no Brasil

Eno Cultura, WSET

Eno Cultura, Eventos corporativos

Eno Cultura, Escola de vinhos / Wine School

Eno Cultura, Consultoria em vinhos em São Paulo

Whats'On

Fique por dentro das novidades que
acontecem no mundo dos vinhos
e destilados!

Legislação sobre os vinhos no Canadá e nos EUA

Legislação sobre os vinhos no Canadá e nos EUA

07/06/2018

O sistema de IG dos EUA baseia-se em áreas chamadas American Viticultural Area (AVA). As AVAs podem ser de tamanhos muito diferentes e às vezes até se sobrepõem. Na California, por exemplo, Napa Valley AVA compreende todo o vale do Napa assim como algumas das montanhas que se encontram em ambos os lados do vale. Dentro desta área existe uma série de AVAs menores. Algumas estão situadas no fundo do vale, como Rutherford, e outras estão nas laterais do vale, como Mount Veeder.
Se as uvas provêm de vinhas que não ficam em nenhuma AVA, então o produtor pode rotular os vinhos com o nome do estado correspondente ou com o nome de um dos condados dentro desse estado. Por exemplo, muitos dos vinhos feitos a partir de uvas cultivadas nos vales de San Joaquin e de Sacramento serão simplesmente rotulados como California. Os nomes de condados que frequentemente aparecem nos rótulos de vinhos da California são: Napa County, Sonoma County, San Luis Obispo County e Santa Barbara County.
Já o sistema de IG do Canadá é designado Vintners Quality Alliance (VQA). Atualmente, este sistema está em uso nas duas principais províncias vitivinícolas do Canadá: Ontario (centro-leste) e British Columbia (oeste). Dentro de cada província, existe uma série de IGs chamadas Designated Viticultural Areas. Nos rótulos dos vinhos, o nome do sistema de IG aparece com grande destaque, algo que não é comum nos vinhos de países não europeus.

Fonte - Eno Cultura