Eno Cultura – Cursos em Vinhos, Destilados e Eventos Corporativos no Brasil
Eno Cultura, Cursos de Vinhos no Brasil

Eno Cultura, Cursos de Vinhos no Brasil

Eno Cultura, WSET

Eno Cultura, Eventos corporativos

Eno Cultura, Escola de vinhos / Wine School

Eno Cultura, Consultoria em vinhos em São Paulo

Whats'On

Fique por dentro das novidades que
acontecem no mundo dos vinhos
e destilados!

Vinho Verde

Vinho Verde

06/12/2017

Embora também possam ser produzidos vinhos rosés e tintos na Denominação de Origem Protegida Vinho Verde, o nosso foco de verão é nos brancos desta região, que fica no noroeste de Portugal e vizinha da DOP Douro. A influência do Atlântico e a alta incidência de chuvas imprimem um clima moderado à região, dando origem a vinhos de alta acidez e níveis relativamente baixos de álcool. Boa parte dos vinhos brancos é feita a partir das uvas locais Loureiro e Arinto, e apresenta uma ligeira sensação de efervescência e frescor. Mas também temos Vinho Verde feito exclusivamente da Alvarinho, que tende a ter aromas mais intensos, com maior complexidade, e níveis mais altos de álcool (11,5% a 14%). Este estilo mais “encorpado” de Vinho Verde também pode passar um período em contato com leveduras mortas, ocasionando mais complexidade ao vinho. Qualquer que seja o estilo de Vinho Verde, desde um genérico ligeiramente efervescente, até um Alvarinho “sur lie”, consideramos esta uma ótima opção para o verão. A escolha de estilo dependerá, sobretudo, do acompanhamento culinário e, claro, do gosto de cada um!

Algumas sugestões:

Alvarinho, Granito Cru Luis Seabra, Melgaço 2014 (Berkmann R$ 170)
Loureiro, Muros Antigos Anselmo Mendes 2016 (Decanter R$96,30)


Informações adicionais:

A região foi demarcada em 1908 e seus limites geográficos estão naturalmente definidos em:

·Norte - pelo rio Minho
·Sul - pelo rio Douro e pelas serras Freita, Arada e Montemuro
·Leste - pelas serras da Peneda, Soajo, Gerês, Cabreira, Alvão e Marão
·Oeste - pelo Oceano Atlântico

Curiosidades

· 21.000 ha de vinha (segunda maior em Portugal)
· 19.000 viticultores
· 600 engarrafadores
· 45 castas (DO Vinho Verde)
· 68 castas (IG Minho)
· 80 milhões de litros/ano
· 2000 marcas de vinho

Clima

·Inverno frio e chuvoso
·Verão quente e seco
·Grandes amplitudes térmicas
·Pluviosidade elevada:1200 mm/ano

Principais sub-regiões

·Monção e Melgaço: Norte borda com Espanha, solo granítico, maturação precoce, grande potencial para Alvarinho. Pouca influência marítima, quente e seco.

·Lima: Maior precipitação. Melhores tintos no interior. Algum conteúdo de xisto no solo.

·Cávado e Ave: As mais planas. Possuem influência marítima. Arinto Loureiro e Trajadura.

Basto: Sem influência marítima, quente e seco. Maturação tardia e Azal sendo boa surpresa.

·Amarante: Uma mistura entre Basto e Baião. Muita amplitude térmica.

·Baião: Bastante influência do vale do Douro.

Solo

·Origem: Granítica
·Profundidade: Baixa
·Textura: Franco-arenosa
·Acidez: Moderada a elevada
·Fósforo: Pobre
·Fertilidade:Baixa

Fonte - Eno Cultura