Blog

Fique por dentro das novidades que acontecem no
mundo dos vinhos e destilados!

MUSCADET
10 de janeiro de 2018

MUSCADET

Conteúdo Técnico

A denominação de origem controlada (AOP) Muscadet é uma sub-região do Vale do Loire (centro-oeste da França), ficando mais próxima de Nantes e do oceano Atlântico. Ali são produzidos vinhos brancos a partir da uva Melon de Bourgogne, variedade introduzida na região no início do século 18, no contexto do comércio holandês (e a necessidade de uvas para seus destilados) e após o severo inverno de 1709 (que matou boa parte das uvas tintas da região). Estamos falando sobretudo de vinhos de corpo ligeiro, secos, com muita vivacidade e frescor (alta acidez), aromas cítricos, além de maçã verde, pera e alguma mineralidade.

O solo dessa região tem como base o gnaisse (uma rocha muito porosa), que fornece uma boa drenagem. Com um clima marítimo, a região recebe cerca de 2.000 horas de sol por ano e as maiores ameaças à videira são as geadas e as tempestades geladas. A capitalização (adição de açúcar no mosto em fermentação), apesar de permitida, é apenas utilizada quando os vinhateiros acharem absolutamente necessário para manter os níveis de álcool mínimo.

Uma distinção nos vinhos Muscadet é se eles passaram um período em contato com as leveduras mortas (sur lie) ou não: em caso positivo, o vinho ganha mais corpo e cremosidade, a acidez fica um pouco menos presente e aromas típicos de leveduras aparecem. O período em contato com as leveduras mortas pode também propiciar a retenção de uma leve quantidade de dióxido de carbono nos vinhos, levando, portanto, a uma sutil efervescência.

Os vinhos de maior qualidade dentro desta AOP geralmente estão sob a designação Muscadet Sèvre et Maine – sendo que, dentro desta região, já há sub-apelações com vinhos de qualidade superior, os chamados crus communaux. São eles:

Muscadet-Sèvre et Maine Clisson: mais concentrado dos três crus (mínimo 24 meses sur lie).

Muscadet-Sèvre et Maine Gorges: toque peculiar de fumaça e podem amadurecer tarde (mínimo 24 meses sur lie).

Muscadet-Sèvre et Maine Le Pallet: elemento floral pronunciado (mínimo 17 meses sur lie).

Além de serem vinhos interessantes para um aperitivo, piscina ou praia, eles classicamente harmonizam com ostras, além de outros frutos do mar frescos. Por fim, caro leitor, só lembramos que há comumente uma confusão entre a AOP Muscadet e a Muscat, que é uma uva 😉 aliás, vinhos da uva Muscat, além de uma bela opção para quem não quer vinhos muito secos ou até para acompanhar sobremesas, também pode dar origens a refrescantes vinhos para o verão. Mas isso é assunto para um outro post…

Algumas sugestões: Domaine Vincent Caillé, Je t’aime mais J’ai Soif 2016 (preço aproximado: R$ 89, De La Croix); Chéreau Carré La Griffe Bernard Chéreau Muscadet Sèvre et Maine Sur Lie 2016 (preço aproximado: R$ 93; Premium).

+
Umami enocultura 486x270 - Harmonização de pratos e vinhos com elevados níveis de acidez
6 de outubro de 2017

Harmonização de pratos e vinhos com elevados níveis de acidez

Saber harmonizar vinho com comida é quase sempre um desafio para muitas pessoas. Na dica de hoje falaremos sobre a harmonização de pratos e vinhos com elevados níveis de acidez. Alimentos ácidos necessitam vinhos de igual acidez, caso contrário o vinho pode parecer flácido e sem vida. Um bom exemplo seria a harmonização de massas […]

continuar lendo
+
nivel docura dos vinhos e espumantes europeus 570x270 - Nível de doçura dos vinhos espumantes europeus
13 de novembro de 2017

Nível de doçura dos vinhos espumantes europeus

De acordo com as regras da União Europeia, os vinhos espumantes recebem classificações de acordo com a quantidade de açúcar presente no vinho final. Esta quantidade de açúcar é adicionada ao vinho espumante antes de ser engarrafado, em um processo chamado de dosagem. Para os vinhos considerados secos (de Brut Nature até Brut), a dosagem […]

continuar lendo
Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas novidades

Eno Cultura - Todos os direitos reservados © 2018